Início » O Instituto » Nossa sede

Nossa sede

O edifício-sede do IEP, com 15 pavimentos, foi inaugurado em 1976, nas comemorações do cinquentenário da Instituição. A atual sede foi construída sobre terreno doado pelo governador Bento Munhoz da Rocha Neto, no início da década de 1950, quando a diretoria do Instituto era presidida pelo engenheiro Carlos Luiz Lück, que cumpriu quatro mandatos.

Até então, o IEP funcionava em modesta sede na rua XV de Novembro, como destaca um dos relatórios do ex-presidente Luiz Carlos Pereira Tourinho, do qual foram extraídas as informações deste texto.

Lück tomou posse a primeira vez em 29 de março de 1948 e, logo depois, obteve do então prefeito de Curitiba, o também engenheiro Linneu Ferreira do Amaral, a doação de um terreno na rua Barão do Cerro Azul, entre as ruas 13 de Maio e Presidente Carlos Cavalcanti.

Por questões técnicas, o IEP negociou a troca da área com a ofertada pelo governador, na rua Emiliano Perneta, onde havia funcionado a Escola República Argentina.

Com projeto dos engenheiros Rubens Meister (arquitetônico) e Venevérito da Cunha (estrutural), a obra foi iniciada em 1953, com as fundações sendo executadas pela Estacas Franki.

Os sucessores de Carlos Lück deram seqüência à obra. Foram eles Eliasib Gonçalves Ennes, Mário de Mári, Pedro Viriato Parigot de Souza, Ivo Arzua Pereira, Rubens Meister, Euro Brandão, Véspero Mendes, Paulo Wendler, Cássio Bittencourt Macedo e Luiz Carlos Pereira Tourinho, que a inaugurou dia 6 de fevereiro de 1976, 23 anos depois de iniciada.

Em 2009, o engenheiro Luiz Cláudio Mehl, presidente na época, acrescentou sua colaboração à sede do IEP. No dia 05 de março, Mehl inaugurou o Centro de Eventos “Espaço da Tecnologia”. O anexo, de 720 m², prolongamento do primeiro andar do edifício-sede, construído sobre o estacionamento, passa a compor, com a área já existente, um complexo de 1 mil m² de uso múltiplo.

Nos anos de 2013/2014, na gestão do Engenheiro Civil Cassio José Ribas Macedo, com o patrocínio da Itaipu, foi concluído Centro de Eventos. Outras obras foram executadas, como a reforma do 4º andar com a colocação de piso elevado, modernização dos elevadores, construção de banheiro no 1º andar acessível para portadores de necessidades especiais, troca de telhado na casa de máquinas, além de implantação de sistema de segurança com instalação de câmeras de segurança e algumas salas foram instalados sistemas de climatização.

Na gestão de Nelson Luiz Gomez, além de inúmeras intervenções de manutenção – obras de revitalização de fachadas, recuperação estrutural, tratamento de corrosões, impermeabilização de janelas, construção de juntas de dilatação horizontais, aplicação de pintura e hidrofugante -, o hall de entrada recebeu melhorias destinadas à maior segurança dos frequentadores, como substituição de corrimão e guarda-corpo do primeiro e segundo andares, além da restauração do piso dos escritórios do segundo andar e da substituição das janelas com vidros laminados e estrutura de alumínio.

Em 2018/2019, o edifício do IEP contou com grandes investimentos, em fevereiro aproveitando a comemoração do aniversário do IEP, o então presidente do IEP José Rodolfo de Lacerda realizou a inauguração do Espaço Gourmet localizado no 15º andar. Um espaço para promover a convivência entre colegas e seus familiares. Foram realizadas as trocas das esquadrias de todo o edifício, revitalizando e fornecendo um maior conforto para os colaboradores, associados e locatários. Realizou a retirada das janelas da escada de emergência. Atendendo a solicitação dos associados foi criado o Espaço do Associado Rubens Meister, local em que o associado pode se reunir com seus colegas e se descontrair. Foram realizadas reformas de adequação ao prédio de acordo com as normativas do corpo de bombeiros. 

Em 2019, o Presidente Horácio Hilgenberg Guimarães criou o Espaço das Câmaras Técnicas salas de reuniões localizadas no 5º andar para que o Banco de Ideias e as Câmaras Técnicas possam desenvolver suas atividades. Realizou a reforma no 16º andar e na casa de máquinas. Com o novo projeto de prevenção de incêndios aprovado, deu continuidade nas adequações trocando as portas-corta fogo, colocando o sistema de pressurização em funcionamento, instalando novo sistema de alarme de incêndio.

Tamanho da fonte